quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Mobilize-se em defesa do Monitor Campista

Este blog foi criado para reunir interessados em defender o jornal Monitor Campista, de Campos dos Goytacazes (RJ), que, aos 175 anos, corre o risco de ser fechado por decisão dos seus próprietários, o grupo Diários Associados. Participe!

3 comentários:

Heloisa Crespo disse...

AGONIA ANUNCIADA

Campos de luto pela morte anunciada pelo próprio agonizante. Parece confuso o que disse, talvez eu esteja atônita com a notícia que eu li. É uma convocação para uma reunião em Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária. A sessão Extraordinária será para "examinar, discutir e deliberar sobre proposta da Diretoria para suspender a edição e publicação do jornal "Monitor Campista". E agora? O Monitor está em agonia. Que remédio ministrar? Vamos deixá-lo morrer? Vamos tapar os ouvidos pra não ouvir os gemidos? Não. Definitivamente, não. O Monitor Campista é a vida presente e passada de Campos dos Goytacazes. Não sairá da história, se ele é a própria História com seus arquivos repletos do dia-a-dia de Campos.
Por que, silenciosamente, ficou tão adoecido? Precisa sacrificá-lo, como se fora um animal que não mais presta serviços? Mas ele presta serviços, como sempre fez tão bem.
Que estranha agonia...

Heloisa Crespo

Anônimo disse...

A falta de análise com visão de futuro, mostra como o imediatismo pode levar ao prejuízo! Se os Administradores dos Diários Associados fizessem um breve estudo sobre a região, não fechariam as portas do jornal Monitor Campista!Investidores sérios procurariam uma avaliação com visão de médio e longo prazo, tendo em vista os elevados investimentos que estão sendo feitos em nossa região. Se faltou à Direção local esta visão, ainda é possível uma reestruturação, uma consulta pública, de modo que os leitores pudessem sugerir como desejam o seu jornal.
Ainda é tempo de rever decisões! Se há o desejo de proteger os investidores dos "Diários Associados", não será com atitudes intempestivas que encontrarão a melhor solução!
Há de se contar com o corpo de empregados e com a população campista para reerguer e manter o Monitor Campista.
Acreditamos que a pior solução seja o fechamento do Monitor Campista.
Sávio Roberto Moreira Gomes. Jornalista, Professor, Advogado e Psicólogo.

Flávio Mussa Tavares disse...

O MONITOR CAMPISTA PODE RESSUSCITAR...

Meus amigos ,
Proponho a criação imediata de um joral on line MONITOR DIGITAL, que poderia ter a direção do Vítor Menezes e a colaboração de todos que lutam pela manutenção do espírito do quase bicentenário jornal.´

Seria como se a alma do Monitor continuasse viva na dimensão digital até "reencarnar" de outra forma, com outra direção, seja através do município ou de iniciativa particular ou da iniciativa popular.

Na minha imaginação esse renascimento, ressurreição ou reencarnação do MONITOR CAMPISTA deve ter como patrocinadores um CONSÓRCIO de investidores, do município e população organizada.

VIVA O MONITOR CAMPISTA!
RE- VIVA O MONITOR CAMPISTA!!!!